II SEMINÁRIO NACIONAL SOBE CORREDORES ECOLÓGICOS

1. Introdução

Os Corredores Ecológicos vêm se constituindo em importante instrumento de planejamento no sentido de potencializar a cooperação entre as diversas esferas de governo e segmentos da sociedade civil com objetivo de buscar a conciliação entre a conservação da biodiversidade e o desenvolvimento sócio-econômico. Sua aplicação vem se ampliando em todo o mundo nesta última década, conforme observado no Congresso Mundial da IUCN em Durban, 2003.
A consciência da importância desse instrumento tem referência legal no artigo 2º, inciso XIX, artigo 5º, inciso XIII e artigo 27, parágrafo 1º da Lei nº9985, de 18 de julho de 2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação – SNUC e no Código Florestal. O Decreto nº 750/93 , foi regulamentado pela Resolução Nº 09/96 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA que estabeleceu parâmetros e procedimentos para a identificação e implantação de Corredores Ecológicos.
Responsáveis pela implementação dos Corredores Ecológicos na esfera federal, o Ministério do Meio Ambiente e o IBAMA, iniciaram ações de disseminação da prática de estabelecimento de Corredores, nos diversos biomas brasileiros - dentre eles, Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Pantanal e Caatinga, cujos resultados já foram analisados no I Seminário de Corredores Ecológicos em 2.000 e publicados pelo Ibama.
Neste contexto, o II Seminário de Corredores Ecológicos no Brasil, realizado pela Diretoria de Ecossistemas, Coordenaçaõ Geral de Ecossistemas – DIREC/CGECO, com apoio da Agência de Cooperação Internacional do Japão – JICA, busca contribuir para o aprimoramento do processo de gestão integrada dos Corredores Ecológicos no Brasil bem como nivelar conhecimentos, discutir e esclarecer conceitos e consolidar informações sobre os mesmos, dirimindo dúvidas de pessoas interessadas neste tema.

2. Metodologia do Seminário

O Seminário constitui-se de quatro componentes:
1. Apresentação de conferências e palestras;
2. Apresentação de painéis;
3. Apresentação de artigos referentes às conferências, palestras e posters para publicação;
4. Oficina para a análise e discussão da metodologia aplicada aos corredores ecológicos

3. Objetivos do Seminário

O II Seminário Nacional sobre Corredores Ecológicos tem como objetivo propiciar a apresentação, atualização e análise do conhecimento teórico e metodológico existente sobre a gestão integrada de corredores ecológicos, realizada pelo segmento social.

4. Produtos Esperados

1. Relatório dos resultados das discussões da oficina com revisão de metodologias, que subsidiará a elaboração do roteiro metodológico para a gestão de corredores ecológicos e futuras ações;
2. Publicação de livro com os artigos apresentados durante o do II Seminário.

5- Local e data do Seminário

O Seminário será realizado nos dias 15, 16 de Setembro de 2004 no Edifício Sede do IBAMA – DF e no dia 17, Oficina no Instituto Israel Pinheiro. Brasília – DF.

6- Programação

OBSERVAÇÃO: No primeiro e no segundo dia, haverá apresentação de painéis no hall do IBAMA durante todo o evento.

Dia 15 – Quarta-feira09:00 as 10:00 h Solenidade de Abertura
• MMA, IBAMA, JICA, IUCN
MMA, Ministra?
Dr. Marcos Barroso Barros, Presidente do Ibama
Sra. Cecília Foloni Ferras, Diretora de Ecossistemas do Ibama
Sr. Komatsu, Coordenador de Cooperação Técnica do Japão no Brasil/Jica
ABC
Dr. Cláudio Pádua Valadares, Diretor do IPE

10:00 as 11:00 h
Conferência de Abertura (convidado internacional confirmado)
• Dr. Edward Maltby, London University, Royal Holloway Institute; Comissão de Ecossistemas da IUCN
Mesa: Sra. Cecília Foloni Ferraz, Diretora de Ecossistemas/Direc/Ibama
11:00 as 12:00 h Conferência (nacionais)
• Ibama
Mesa: Sr. Coordenador Geral de Ecossistemas/Ibama
12:00 as 14:00 h Almoço
14:00 as 15:15 h A relevância dos corredores ecológicos no atual panorama da conservação da biodiversadade
Luis Fernando N. de Sá, Corredor Ecológico Paranã-Pirineus, Ibama/Direc/Cgeco
Representante Costa Rica
Dr. Cláudio Valadares Pádua, Corredor Ecológico , IPE
Moderador: Takaioshi Fukuyou, Jica/Brasil
(palestras de 20 min. seguidas de 15 min. de debate)

15:15 as 15:30 h Intervalo
15:30 as 17:30 h Metodologia e eficácia na implementação de corredores ecológicos
Ibama, Corredor Itenez-Guaporé
Sr. Militão Ricardo, Corredores Ecológicos PPG7/MMA
Dr. Gustavo Fonseca, Vice Presidente da CI (?)
Moderador: Sr. Ivan Batiston, Coordenador Geral de Unidades de Conservação/Ibama
(palestras de 20 min. seguidas de 15 min. de debate)

Dia 16 – Quinta-feira08:30 as 10:30 h Critérios para a seleção e delimitação de corredores ecológicos
Ibama
Representante da Argentina
Marcelo, IESB, Ilhéus
Moderadora: Dione A. Corte, Ibama/Direc/Cgeco
(palestras de 20 min. seguidas de 10 min. de debate)

10:30 as 10:45 h Intervalo
10:45 as 12:00 h O papel do planejamento nos corredores ecológicos
(três palestras de 20 min. seguidas de 10 min. de debate)
Ibama, (Fábio Zimmerman)
Sra. Olates Cases, GTZ
Sr. Iloé, TNC, Belém
Moderador: Fátima Pires Oliveira, Ibama/Direc/Cgeco
12:00 as 14:00 h Almoço
14:00 as 15:30 h Corredores ecológicos: estratégia integradora na gestão de ecossistemas
(três palestras de 20 min. seguidas de 10 min. e debates)
Ibama, Sra. Tarcísio Proença, Ibama/Direc/Cgeco


Moderador:
15:30 as 15:45 h Intervalo
15:45 as 18:30 h Métodos de analise de conectividade: ecologia da paisagem e análise de lacunas
(duas palestras de 20 min. seguidas de 10 min. de discussão)
Ibama
Dr. Efraim Rodrigues, Universidade Estadual de Londrina
Dr. Leandro Ferreira, Museu Emílio Goeldi
Moderador:

Dia 17 – Sexta-feira08:00 as 12:00 h Oficina sobre metodologia aplicada na implementação de Corredores Ecológicos
Objetivos: analisar a experiência metodológica sobre gestão de Corredores ecológicos já acumulada, discutir os principais entraves e propor medidas para o sucesso na implementação de corredores ecológicos.
Coordenação: Sra. Dione Angélica Corte, Dr. Moacir Bueno Arruda e Sra. Fátima Pires Oliveira, Coordenação de Conservação de Ecossitemas/Direc/Ibama
Moderação: Sr. Fábio Zimmerman, Consultor
12:00 as 14:00 h Intervalo
14:00 as 16:00 h Continuação da Oficina
16:00 as 18:00 h Plenária Final


Dias 18 e 19 – Sábado e DomingoDia Todo Visitas de Campo

Poderão ser realizadas visitas de campo na cidade de Brasília e seus arredores, que dispõe de diversas unidades de conservação, tais como, Parque Nacional de Brasília, Estação Ecológica de Águas Emendadas, etc.
Outros locais também são atraentes, tais como, o Jardim Botânico, o Jardim Zoológico de Brasília e o Lago Paranoá.

Voltar
Voltar